sábado, 30 de janeiro de 2010

ANTIGA E MÁGICA ORAÇÃO AO ANJO GUARDIÃO

Anjo da Paz, Anjo da Luz, Anjo da Guarda, a quem tenho por padrinho
celestial; meu pai espiritual, meu vigilante, minha sentinela
atenta e inspiradora de medo aos meus inimigos...
Graças vos dou por já ter me livrado de inúmeros perigos,
por ter velado por mim enquanto eu dormia, por ter me acompanhado
durante o dia e aconselhado nos momentos difíceis, por me avisar através da minha intuição o melhor caminho a seguir....
Amigo meu, Mensageiro do Céu, Protetor destemido, Muro
Forte de minha alma e Confortador Invisível. Ajuda-me hoje e
sempre, acompanha-me eternamente.
Amém!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Tranqüilidade nos momentos difíceis

Senhor, meu Deus e Deus de todas as coisas do Universo visível e invisível, faze-me tranqüilo nas necessidades... Tenho necessidades, na verdade muitas necessidades, como as de trabalhar, de comprar, de pagar, de me relacionar, de estar presente e de solucionar problemas. Perante o que tenho que fazer, fico indeciso e intranqüilo, são muitas decisões para tomar, muitas ações para começar; sinto-me incapaz e com isso acabo a esperar o insucesso. Mas tenho que mudar isso. Sei que sou inteiramente capaz! Tenho a competência, a qualidade, a inteligência, saúde, a disposição e as coisas são perfeitamente realizáveis. Revisto-me, pois, neste instante, da poderosa força que nasce de Ti passo a considerar insignificantes as minhas tarefas e compromissos, pois sei que posso realizá-los a tempo e a hora com este novo pensar, transformarei inimigos em amigos; o que comprar, o que fazer, o que cumprir, serão ações agradáveis; meus relacionamentos serão saudáveis e construtivos, minhas amizades fortalecedoras, viverei aliviado de tensões, problemas, angústias porque sei que algo melhor e maior me aguarda. Compreendo, agora, quando mudo meu pensamento, mudo as energias a minha volta e tudo passa a colaborar para o meu engrandecimento íntimo, ensejando-me um futuro de dias alegres e noites tranqüilas.
Que assim seja !!
Graças a Deus

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Oração aos três Anjos da Guarda

São Miguel Arcanjo, glorioso príncipe do Céu, protetor das almas, eu vos chamo para que me livres de todos os inimigos e de todo pecado e me faça progredir na vida e no serviço de Deus dando-me a graça de perseverar sempre. Amém.
São Gabriel glorioso Anjo Fortaleza de Deus, eu vos chamo para que me alcance do Pai todas as forças, para desprezar o mundo, vencer o demônio, dominar todos os males, até o fim da minha vida. Amém.
São Rafael, glorioso Anjo da saúde eu vos chamo para que cure todas as minhas enfermidades, toda cegueira do meu corpo e da minha alma e me ajude a fugir dos pecados que só fazem o mal para o cristão. Amém.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Prece para pedir um conselho (Extraído do livreto "Preces Espíritas")

Bons espíritos, mensageiros de Deus, cuja missão é assistir
aos homens e conduzí-los pelo bom caminho, ouçam minhas preces.
Inspirai-me qual a melhor decisão a tomar, diante do impasse e das dúvidas em que me encontro.

Temo pelas influências dos maus espíritos que poderiam induzir-me
ao erro e por eles ser enganado.
Clareai e dirigi os meus pensamentos neste momento em que necessito de amparo e de esclarecimento.

Que a minha decisão seja a que poderá trazer-me sublimação
espiritual.
Rogo-Te, ó Pai Celestial, inspiração para que a decisão
que devo tomar neste momento, seja digna e correta.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Oração para a cura interior, para a cura do inconsciente:

“Senhor, sei que és o Cristo Ressuscitado e que estás entre todos nós, vivo e querendo ajudar-me.
Senhor, venho hoje pedir-te a cura das lembranças do meu inconsciente, de tudo aquilo que me tem atormentado, quer eu saiba quer esteja escondido no meio de minhas lembranças. Cura-me de tudo aquilo que vi e vivi e que ficou marcado na minha alma como dor, angústia ou sofrimento.
Cura-me dos sentimentos odiosos, das rejeições, das minhas mágoas, das minhas culpas infundadas, dos meus medos, das minhas desconfianças, dos momentos de perigo que vivi, das minhas lembranças dolorosas e da minha falta de perdão.
Senhor, aceita-me e faz-me aceitar-te e aceitar-me.
Reconstitui-me por inteiro, que eu volte a ser o ser perfeito que tu criaste e enche-me com o teu amor e com a tua paz.
Senhor, eu te agradeço, pois sei que estás agindo em mim agora, neste momento; e que serei por ti e em ti, nova criatura, ressuscitada e purificada nos cantos mais escuros do meu inconsciente e da minha alma.
No poder da tua glória, amém”.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Uma prece matinal

Infinito Deus de misericórdia e sabedoria, mais um dia diante de mim.
Apresento-te as minhas preces para agradecer o descanso desta noite e a claridade desta nova manhã, e o retorno da consciência, em virtude das oportunidades que me são oferecidas para prosseguir no Grande Trabalho e na Missão de minha Vida.
Que todos os momentos desta jornada sejam iluminados, com uma disposição fundamental de buscar-te.
Que os meus essenciais deveres e obrigações desta existência sejam realizados com amor, dedicação e atenção; dá-me força para não considerá-los como doloroso fardo, mas que eles me sirvam como o alimento oportuno para conseguir as forças redentoras desta passagem pelo mundo material.
Dá-me um sorriso acolhedor e um coração aberto para com todos os seres vivos, e que os necessitados partilhem comigo aquilo que desfruto... Nem que seja minha força e minha luz.

(Autor desconhecido)

sábado, 23 de janeiro de 2010

QUE EU SAIBA...

"Senhor:
Que eu saiba amar, sem ser amado.
Dar sem, receber.
Perdoar, mas perdoar do fundo da alma. Não apenas da boca para fora, mesmo que não me perdoem.
Que eu não carregue nesta vida ou em outra dimensão, em outros níveis da vida de minha alma,
sentimentos tão inferiores que podemos minimizar minha energia, diminuir a luz de minha alma, enquanto encarnado ou desencarnado.
Que eu procure, no fundo de meu coração, a verdadeira paz.
E para que eu alcance essa paz, que eu busque a felicidade nas coisas pequenas do dia-a-dia, coisas que parecem insignificantes,
mas que quando as perdemos,
percebemos quão valiosas são.
Que eu aprenda a viver sem ter que machucar os outros
e a mim mesmo com s atos, palavras ou mesmo pensamentos, porque sei que os pensamentos também tem força.
Enfim, que eu busque viver em paz e harmonia, hoje e sempre!"
Que assim seja !!!
Graças ao Bom Deus

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

ORAÇÃO ÀS FORÇAS CÓSMICAS

Eu me uno às Forças Cósmicas no Grande e Eterno Ciclo, que tudo pode e que tudo é.
EU sou tudo e me fortaleço com essa união.
Grandes Forças Cósmicas, descei sobre a minha alma e tornai-me forte, poderoso e luminoso.
A partir desse momento eu e as forças do Universo somos uma só força.
E essa força única faz brilhar a minha aura e irradia luz ao que de mim se aproximam.
EU sou tudo e me fortaleço com essa união.
Essa união é projeto divino do Universo que eu agora cumpro em minha vida.
Eu vos agradeço, minhas Grandes Forças Cósmicas, e vos entrego meu amor e minha força.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Creio

Eu Creio.
Creio em mim mesmo.
Creio nos que trabalham comigo,
creio nos meus amigos e creio na minha família.
Creio que Deus me emprestará tudo que necessito para triunfar,
contanto que eu me esforce para alcançar com meios lícitos e honestos.
Creio nas orações e nunca fecharei meus olhos para dormir,
sem pedir antes a devida orientação a fim de ser paciente com os outros
e tolerante com os que não acreditam no que eu acredito.
Creio que o triunfo é resultado de esforço inteligente, que não depende da sorte, da magia,
de amigos, companheiros duvidosos ou de meu chefe.
Creio que tirarei da vida exatamente o que nela colocar.
Serei cauteloso quando tratar os outros, como quero que eles sejam comigo.
Não caluniarei aqueles que não gosto.
Não diminuirei meu trabalho por verque os outros o fazem.
Prestarei o melhor serviço de que sou capaz, porque jurei a mim mesmo triunfar na vida,
e sei que o triunfo é sempre resultado do esforço consciente e eficaz.
Finalmente, perdoarei os que me ofendem,
porque compreendo que às vezes ofendo os outros e necessito de perdão.


(Mahatma Gandhi)